Safetalk: os desafios de promover uma mudança tecnológica no setor público | Safetec
(81) 3126-4100 [email protected]

No Safetalk de número #004 conversamos com Roseana Faneco, líder do Grupo Mulheres do Brasil, no Recife, em uma troca  guiada por Joaquim Camerino, gerente comercial da Safetec. 

O momento que estamos vivendo tem deixado marcas profundas em todos os setores, inclusive nos que, até dois anos atrás, poderiam ser lembrados pela demora no atendimento ou até mesmo pelo atraso tecnológico, como é o caso do setor público. A área precisou se reinventar desde o atendimento inicial aos cidadãos até a realização de audiências, pelo Poder Judiciário, por exemplo, para poder continuar atuando em meio à pandemia. E essas transformações foram além.

Leia também: TJAM ADOTA SALAS VIRTUAIS VIA MEET PARA SEGUIR COM PROCESSOS

Assim como o setor privado, que sentiu a brusca mudança do ambiente de trabalho, o público também precisou se adequar a esse novo formato, mas com uma diferença clara em relação ao mundo corporativo: o investimento em tecnologia. No entanto, mesmo com as dificuldades impostas pela pandemia, o setor público precisou correr para garantir a manutenção dos serviços à população.

A solução encontrada por muitos órgãos e entidades públicas foi o Google Workspace: uma opção acessível, segura e pensada para proporcionar a colaboração, comunicação, além de armazenamento e gerenciamento de dados tendo a tecnologia mais avançada à disposição apenas com acesso à internet.

Para debater sobre o assunto, nós convidamos Roseana Faneco para participar do nosso Safetalk 004. Ela é integrante da Comissão de Direito do Terceiro Setor da OAB/PE, integrante do LIDE MULHER Pernambuco e líder, no Recife, do Grupo Mulheres do Brasil. Além disso, tem mais de 40 anos de carreira em cargos de gestão na área. Roseana traz pontos importantes sobre o desenvolvimento da cultura tecnológica por parte dos gestores e funcionários públicos.

ESCUTE O BATE-PAPO COMPLETO NO SPOTIFY

Para Roseana, o processo de evolução tecnológica não tem mais volta. “Nós nunca mais vamos estar naquele ‘normal’. Eu acho muito pouco provável, pela redução dos custos fixos, pelo tempo que se perde com deslocamento, a qualidade que se tem quando há um ambiente para trabalhar mais efetivamente no home office. Eu acho que vão haver algumas mudanças, e essas mudanças serão efetivadas de acordo com o bem-estar e a própria empresa, a própria instituição”, conta.

Ela menciona o atraso do setor público em relação aos investimentos em tecnologia do setor privado. “Como a gente [o setor público] estava bem mais atrasado que as empresas, nós evoluímos muito. A pandemia nos deu um choque para que as instituições se posicionassem. Ou elas evoluíam e chegavam à tecnologia, aproveitando os recursos que estavam sendo oferecidos, ou elas seriam praticamente canceladas do setor.”

ASSISTA AO VÍDEOCAST COMPLETO NO YOUTUBE

Para Joaquim Camerino, os avanços tecnológicos alcançados pelo setor público em virtude da pandemia podem ser impulsionados com gestão e planejamento. “Imagine o quanto podemos agregar à sociedade se planejarmos o processo de transformação digital, se olharmos essas ferramentas, como o Google Workspace, pode contribuir no dia-a-dia dos servidores e impactar as pessoas. Se um servidor consegue trabalhar mais rápido e atender melhor o público, todos são beneficiados.” 

Para saber mais como o setor público pode ser beneficiado com as ferramentas Google Workspace, aliadas ao serviço Safetec, entre em contato com a gente.

Saiba mais