Como as ferramentas tecnológicas ajudam a otimizar o ensino de idiomas | Safetec
(81) 3126-4100 [email protected]

Romper barreiras sempre foi uma especialidade da casa, quando o assunto é educação. Antes de mais nada, ela sempre foi nossa principal ferramenta de transformação de realidades, independentemente do contexto em que estávamos inseridos. E é claro que isso não seria diferente durante uma pandemia mundial.

Este “evento” pode até ter trazido muitos medos e inseguranças para a grande maioria dos educadores ao redor do mundo, mas a tecnologia logo nos mostrou que não haveria motivos para histeria com relação ao aprendizado. Dessa maneira, o ensino à distância tomou a frente da situação e nos revelou novas tendências de aprendizado tanto para o presente quanto para o futuro.

 

O que a distância separa, a tecnologia aproxima

Segundo dados da Associação Brasileira de Educação a Distância (ABED), a busca pelo ensino remoto aumentou 30% durante a pandemia. De acordo com a instituição, esse crescimento se deve muito aos diferenciais da modalidade, como a maior flexibilidade de tempo e espaço no exercício do aprendizado.

E foi graças a essa liberdade geográfica e de tempo que o @dinamizaprof teve a oportunidade de ganhar vida em meio ao isolamento social. Com mais de um ano de vida, o projeto surgiu da vontade de transportar as conversas que surgiam na sala dos professores para um livro, desenvolvendo métodos de tornar o ensino de idiomas mais dinâmico, tanto no ambiente online quanto no presencial.

 

OUÇA:

“Esse livro foi pensado para que todos os professores, tanto da educação básica quanto de cursos particulares e instituições de idioma, pudessem utilizá-lo em sua prática diária. Em nossas conversas, chegamos à conclusão de que esse contexto do ensino híbrido iria permanecer, mesmo depois da pandemia. Por isso tivemos o cuidado de desenvolver atividades que pudessem ser usadas presencialmente e que também pudessem ser usadas totalmente remotas ou numa sala de aula híbrida”, afirma Maria Cecília Mendonça, professora de inglês e uma das idealizadoras do @dinamizaprof.

Graças às ferramentas do Google, Jéssica Correia, que também é professora de inglês e idealizadora do @dinamizaprof, conseguiu conciliar as reuniões de desenvolvimento do projeto com um mestrado que vem fazendo em Porto, Portugal. “Essas ferramentas foram muito importantes para que eu pudesse manter a excelência nas aulas que ministro, nas reuniões do Dinamiza e no meu mestrado. Elas otimizaram tanto o meu tempo quanto o meu rendimento”.

Sobre as ferramentas utilizadas, Maria Cecília Mendonça e Jéssica Correia destacam quais foram as mais importantes durante todo esse processo. “Nós nos organizávamos por meio do Google Planilhas, fazíamos nossas reuniões no Google Meet e usamos bastante o Google Docs para criar. Todas essas ferramentas foram essenciais para que a gente pudesse otimizar muito nosso tempo e melhorar nossos resultados”.

Esse ponto e muitos outros são abordados no bate-papo que elas tiveram com Saulo Bernardo, do Time Edu da Safetec, em nosso Safetalk #021. No bate-papo, eles falam um pouco mais sobre o @dinamizaprof e os desafios que foram superados em seu desenvolvimento graças às ferramentas do Google.

 

Sobre a Safetec – A pernambucana Safetec, integrante do Porto Digital, e única parceira premier Google Cloud no Norte e Nordeste e especialista certificada em Transformação de Trabalho nível Enterprise e Educação, têm apenas um propósito: construir experiências incríveis utilizando soluções de colaboração e tecnologia em nuvem. Tanto na área corporativa quanto educacional, uma de suas principais missões é gerar Retorno de Valor para empresas e instituições de ensino, utilizando soluções simples, inovadoras e eficazes que impactem positivamente o ambiente de trabalho e levem a aprendizagem para além da sala de aula. Está presente no Recife, São Paulo, Fortaleza, Salvador e Belo Horizonte.

Saiba mais