Entenda para que serve o Google Cloud nos negócios
(81) 3126-4100 [email protected]

Quem tem o objetivo de investir em tecnologia na nuvem, precisa saber para que serve o Google Cloud.

O Google Cloud Platform é uma plataforma de computação em nuvem que possui um conjunto de recursos físicos e virtuais como máquinas virtuais (VMs), computadores e unidades de disco rígido.

Esses recursos estão todos hospedados nos data centers do Google que ficam espalhados em regiões do mundo inteiro. 

Já pensou em usar um servidor do Google para hospedar um aplicativo ou site? Com a plataforma de cloud computing da empresa é possível utilizar vários tipos de produtos para implementar suas soluções. 

Neste artigo, explicamos para que serve o Google Cloud para te ajudar a entender como esse serviço funciona. 

Continue a leitura e saiba tudo sobre o assunto!

Para que serve o Google Cloud? 4 usos

recursos-google-cloud

1. Backups e arquivos

O Google Cloud serve para fazer armazenamento rápido, com baixo custo e de forma permanente de dados e arquivos. 

Esse recurso pode ser usado tanto para guardar informações acessadas todos os dias quanto para aqueles arquivos que só são acessados em ocasiões específicas. 

Então, além do armazenamento, o Google Cloud serve como um serviço de backup que permite o acesso imediato e rápido de qualquer disco.

Para configurar esse tipo de recurso é utilizado o Cloud Storage, uma solução que faz o armazenamento de objetos seguros, duráveis e escaláveis.

2. Armazenamento integrado para análises e machine learning

Outro recurso para o qual o Google Cloud também serve é fazer o armazenamento integrado de informações.

Isso quer dizer que além de armazenar as informações, é possível configurar uma solução dentro da nuvem do Google que faça o cruzamento de informações para gerar análises de negócio.

O machine learning ou aprendizado de máquina é um tipo de tecnologia estratégico, pois automatiza vários trabalhos que antes eram manuais.

O Filestore é um dos produtos do Google Cloud utilizado para essa finalidade, oferecendo confiança e precisão nas cargas de trabalho de análise.

3. Hospedagem e entrega de conteúdo de mídia

O Google Cloud também serve como servidor para hospedar sites e aplicativos. Esse tipo de solução roda conteúdos de áudio e vídeo que precisam estar disponíveis de forma ininterrupta.

O armazenamento na nuvem do Google tem redundância geográfica e um alto nível de disponibilidade e desempenho.

O serviço Google Cloud Storage é o que fornece a disponibilidade e a capacidade necessárias para transmitir áudio ou vídeo diretamente para aplicativos ou sites.4. Migração para máquinas virtuais

Outro objetivo para o qual o Google Cloud serve é para fazer a migração de um sistema de servidores de uma estrutura física para uma estrutura na nuvem.

Para isso, as empresas escolhem o produto necessário e os desenvolvedores configuram a estrutura na nuvem e preparam a migração.

A vantagem que o Google Cloud oferece é a de fazer essa migração sem precisar parar as operações da empresa. As informações que estão sendo movidas continuam acessíveis, sem perder a velocidade de resposta ou gerar erros.

Então, se a empresa possui um software como serviço, por exemplo, e está migrando para a infraestrutura em nuvem, os clientes não perdem acesso durante a migração.

Leia também: Como migrar VMs com o Google Cloud Platform?

Quantos usuários o Google Cloud tem?

De acordo com o site BuiltWith, 38.689.104 sites usam o serviço de hospedagem do Google Cloud.

No Brasil, o site aponta que 48.969 sites usam a infraestrutura na nuvem do Google, sendo o primeiro serviço utilizado e saindo na frente de outras soluções como a Amazon. 

Essa estimativa está relacionada apenas ao uso para hospedagem de sites, então, o número pode ser ainda maior já que existem inúmeras possibilidades de utilização para o Google Cloud. 

Crescimento das tecnologias em nuvem

Agora que você já entendeu para que serve o Google Cloud e a popularidade do serviço no Brasil e no mundo, é importante destacar a popularidade que serviços como o do Cloud estão ganhando no mercado.

As empresas estão escolhendo confiar suas informações em serviços terceirizados do que manter seus próprios servidores no local.

O motivo principal é o custo que uma estrutura gera tanto na criação quanto na manutenção dos equipamentos que precisam funcionar sem interrupções.

De acordo com a Cisco, o tráfego na nuvem representa 92% de todo o tráfego da rede do data center.

Além de ser uma solução acessível para pequenas empresas que precisam otimizar seus investimentos, o Google Cloud, por exemplo, hospeda os servidores de empresas grandes do mercado como:

  • Spotify;
  • Coca Cola;
  • Snapchat;
  • HSBC;
  • Sony Music;
  • Ebay, entre outras.

Dessa forma, os negócios ganham mais agilidade, segurança e capacidade de criar soluções que atendem as necessidades das empresas.

Quer entender melhor porque as empresas escolhem migrar suas máquinas virtuais para a nuvem? 

Assista ao vídeo abaixo e entenda a diferença entre armazenamento local e na nuvem com o nosso especialista Lucas Borges, instrutor da Safetec:

Já pensou em utilizar soluções em nuvem na sua empresa? 

Entendendo para que serve o Google Cloud, várias possibilidades de utilização do serviço vem à cabeça, não é mesmo?

Seu negócio pode crescer e se destacar no mercado, melhorando diversos aspectos que podem ser otimizados com a ajuda da tecnologia.

A Safetec ajuda seu negócio a fazer a transição para um sistema na nuvem mais integrado e produtivo que vai transformar a maneira da sua equipe trabalhar. 

Fale com nossos consultores e modernize sua estrutura de trabalho.

Saiba mais