O que é Google Cloud Platform? Como funciona + 7 vantagens
(81) 3126-4100 [email protected]

O Google Cloud Platform (GCP) é a plataforma de computação nuvem do Google que serve como servidor para outros negócios realizarem migração de VM (máquinas virtuais), além de criar aplicativos e sites com o melhor desempenho, segurança e facilidade de acesso.

Quando uma empresa cria um site, um software ou um aplicativo precisa de um servidor para hospedar essa solução, ou seja, um espaço onde o programador configura o produto para funcionar.

Hoje, as empresas estão de olho no futuro, buscando alternativas mais seguras e com chances mínimas de falhas que interrompam o funcionamento dos programas.

Os avanços da computação em nuvem foram essenciais nesse desenvolvimento, pois permitiram que negócios dos mais variados portes fizessem da transformação digital uma vantagem estratégica. 

Uma projeção da consultoria Gartner aponta que o mercado global de nuvem vai crescer 55% até 2022, chegando a um faturamento de US$ 354,6 bilhões.

Então, se o seu objetivo é modernizar a estrutura da sua empresa e conseguir inovar com em projetos e na organização interna da sua empresa, continue a leitura e conheça tudo sobre Google Cloud Platform.

O que é Google Cloud Platform (GCP)?

O Google Cloud Platform é um ambiente de computação em nuvem do Google que pode ser contratado para fazer o armazenamento de diversas soluções digitais.

As empresas contratam esse espaço tanto para organizar seus servidores internos, dando mais agilidade e segurança aos processos de negócios quanto para criar soluções otimizadas para seus clientes no mercado.

Tem dúvidas sobre o conceito de nuvem e para que serve esse tipo de tecnologia? Dê o play no vídeo abaixo e entenda como funciona um serviço cloud:

A pandemia do novo coronavírus causou mudanças profundas na sociedade e a necessidade de isolamento social favoreceu as soluções em nuvem.

Segundo o gerente Luciano Ramos, responsável pelo setor de pesquisa e consultoria do IDC Brasil, “é difícil pensar em alguma iniciativa de tecnologia que não considere cloud como um de seus componentes”. 

Já é possível visualizar os resultados dessa mudança no crescimento acima de 28% da nuvem pública e acima de 30% se considerando Iaas (Infraestrutura como serviço) e Paas (Plataforma como serviço) somadas.

Para que serve o Google Cloud?

O Google Cloud Platform serve de base para o desenvolvimento de inúmeras soluções digitais. As possibilidades envolvem armazenamento na nuvem, big data, machine learning, entre outras. 

Abaixo citamos as principais categorias de programas possíveis de serem criados com o GPD:

  • Compute Engine: máquinas virtuais que ficam em execução nos data centers do Google;
  • Cloud Storage: armazenamento de objetos na nuvem de forma segura, durável e escalonável;
  • SDK do Cloud: ferramentas de linha de comando e bibliotecas para o Google Cloud;
  • Cloud SQL: serviços de banco de dados relacional para MySQL, PostgreSQL e SQL Server;
  • Google Kubernetes Engine: ambiente gerenciado para executar apps em contêineres;
  • BigQuery: armazenamento de dados para agilidade e insights comerciais;
  • Cloud CDN: rede de fornecimento de conteúdo para oferecer web e vídeo;
  • Dataflow: análise para processamento de dados em lote e de stream;
  • Operações: pacote de monitoramento, geração de registros e desempenho de aplicativos;
  • Cloud Run: ambiente totalmente gerenciado para executar apps em contêineres (método de virtualização para sistema operacional usado na criação de apps);
  • Anthos: plataforma para modernizar os aplicativos existentes e criar novos.

Além dos citados acima, existem mais de 100 tipos de produtos que podem ser desenvolvidos e criados para atender as diferentes necessidades de uma empresa.

Cada solução pode ser personalizada para sua finalidade, permitindo o uso constante por meio de um ambiente otimizado e com os principais protocolos de segurança.

Como funciona Google Cloud Platform

como-funciona-google-cloud-platform

Antigamente, na era pré-computação em nuvem as empresas criavam e estruturavam seus próprios data centers.

Os computadores precisavam de espaço próprio com organização, ventilação e segurança especiais para garantir o seu funcionamento.

O investimento em equipamentos e em toda infraestrutura necessária para manter os servidores funcionando custava muito dinheiro. Um custo acessível apenas para grandes empresas.

Além de ser uma solução inovadora e atual, o Google Cloud Platform funciona cobrando as empresas apenas pelos serviços que utilizam.

Na própria plataforma, os desenvolvedores controlam os gastos, criam alertas, definem limites para a conta, entre outros controles possíveis.

Além disso, o próprio sistema do GCP faz recomendações personalizadas de acordo com o perfil de cada conta por meio de Inteligência Artificial (IA).

Todo o restante da estrutura, data centers, climatização e equipamentos é gerenciado pelo Google que, inclusive, usa a mesma estrutura para hospedar seus serviços como o buscador e Youtube.

7 vantagens do Google Cloud Platform

Agora que você sabe o que é, para que serve e como funciona o Google Cloud Platform, vamos falar das vantagens de utilizar essa estrutura na nuvem pronta para operar.

1. Utilizar várias nuvens ao mesmo tempo

Uma empresa pode migrar, criar e otimizar aplicativos em diferentes tipos de cloud computing como nuvem pública, nuvem privada e nuvem híbrida. Dessa forma, consegue minimizar a dependência de apenas um fornecedor. 

2. Mais confiança e segurança nas soluções

Outra vantagem do Google Cloud Platform é manter os dados seguros dentro da nuvem e em conformidade com os requisitos para acesso e segurança.

3. Acesso a infraestrutura global do Google

Já imaginou criar um servidor ou executar seu software com a mesma eficiência dos serviços Google? Com o Google Cloud Platform é possível ter acesso a melhor infraestrutura na nuvem do mundo.

4. Unificar a forma de acesso 

Todos os dados de uma empresa podem ficar total ou parcialmente na nuvem com o Google Cloud Platform. Caso, não seja ideal, é possível dividir e migrar apenas as soluções necessárias. 

5. Utilizar a nuvem aberta

O acesso à nuvem permite escalonar as soluções desenvolvidas com a ajuda da tecnologia aberta e flexível.

6. Fazer o negócio mais sustentável

Utilizando o Google Cloud Platform, as empresas podem fazer suas operações serem mais sustentáveis, diminuindo o uso de equipamentos, energia, etc.

7. Produtividade e colaboração

Os aplicativos e programas de inteligência artificial facilitam o trabalho em equipe e conectam os times mesmo durante períodos de trabalho remoto. 

Quer levar o Google Cloud para sua empresa?

Gostou de conhecer o Google Cloud Platform e quer levar essa solução para o seu negócio e criar novos produtos para seus clientes?

A infraestrutura em nuvem possibilita a alocação rápida e simplificada de recursos computacionais (processamento, armazenamento, comunicação em rede, segurança de dados) para atender os mais diversos requisitos de negócios, independentemente do tamanho da sua empresa.

A Safetec ajuda seu negócio a fazer a transição para um sistema na nuvem mais integrado e produtivo que vai transformar a maneira da sua equipe trabalhar. 

Fale com nossos consultores e modernize sua estrutura de trabalho.

Saiba mais