Critérios de avaliação de desempenho: conheça o 9 BOX
(81) 3126-4100 cloud@safetec.com.br

A gestão de Recursos Humanos é um dos mais desafiadores papéis que alguém pode desempenhar em uma organização.

Além de atrair, selecionar, treinar, capacitar, motivar e manter talentos, sempre buscando atingir os objetivos estratégicos da empresa, um dos mais difíceis processos de RH é identificar o potencial de cada colaborador em busca de futuros líderes, usando os mais variados critérios de avaliação de desempenho.

Atualmente, mais do que meramente medir o desempenho na empresa por meio de indicadores, o objetivo dessas avaliações é encontrar futuras lideranças onde a empresa poderá depositar suas fichas.

Nesse contexto, foi criado o critério para avaliação de desempenho chamado de 9 BOX, porque é composto de uma matriz com 9 células, cada uma representando o desempenho e o potencial do colaborador avaliado.

Veja, a seguir, como funcionam os critérios de avaliação de desempenho da matriz 9 BOX.

Acelere-o-desempenho-das-suas-vendas

Veja também: Como fazer a análise do desempenho organizacional?

Os critérios de avaliação de desempenho da matriz 9 BOX

Independente de sua posição funcional no organograma da empresa, cada colaborador tem hábitos, atitudes e competências que podem determinar não apenas seu desempenho, mas, principalmente, seu potencial.

Um funcionário que claramente não se esforça por ser mais produtivo, tem uma atitude bastante prejudicial para seu desempenho, independentemente de suas competências indicarem um alto potencial de crescimento.

É este tipo de balanceamento que os critérios de avaliação de desempenho da matriz 9 BOX procuram equilibrar, usando as posições em cada um de seus 9 quadrados.

Entendendo os eixos da matriz 9 BOX

Preste atenção na figura abaixo:

Perceba que esta matriz, em seu eixo horizontal, mede o desempenho de cada funcionário, isto é, se eles conseguiram atingir as metas a eles estipuladas para o período.

Segundo este critério para avaliação de desempenho, os colaboradores deverão ser classificados em: Acima ou muito acima do esperado; dentro de esperado e abaixo ou muito abaixo do esperado.

Já, no eixo vertical, é avaliado o potencial dos colaboradores, que poderá ser: baixo, médio ou alto.

Mas essa avaliação não é feita unicamente pelo superior hierárquico daquele colaborador, isso é tarefa de um comitê, formado por vários profissionais, inclusive de outras áreas, para que não haja nenhuma tendência ou aferição errada devido a alguma preferência pessoal, antipatia ou mesmo um mero erro de avaliação.

Vamos ver agora a situação de cada colaborador, conforme é classificado segundo os critérios de desempenho da matriz 9 BOX:

Situação de cada colaborador

  1. Baixo Desempenho e Baixo Potencial: Não significa, necessariamente, que o colaborador será dispensado da empresa, apesar que algumas organizações adotam esta prática. O indicado é conversar com o funcionário e determinar um plano de como ele pode recuperar essa situação.
  2. Médio Desempenho e Baixo Potencial: São profissionais focados em uma tarefa específica, dificilmente evoluirão hierarquicamente na empresa.
  3. Alto Desempenho e Baixo Potencial: Podem se destacar como “o melhor vendedor”, ou o “programador mais fera de todos”, e outros exemplos semelhantes, mas continuará nesta função por muitos anos.
  4. Baixo Desempenho e Médio Potencial: Muitas vezes, novatos na empresa, por falta de experiência e ambientação, se encontram nesta situação.
  5. Médio Desempenho e Médio Potencial: São profissionais que merecem atenção, têm potencial e vontade de crescer. Um planejamento de melhoria de competências é ideal para eles.
  6. Alto Desempenho e Médio Potencial: Este profissional precisa lapidar suas competências de liderança, organização no trabalho, gerenciamento de equipes, visão estratégica, entre outras.  
  7. Baixo Desempenho e Alto Potencial: Pode estar desmotivado, ou com problemas pessoais, ou ainda com alguma interferência interna que o esteja atrapalhando.
  8. Médio Desempenho e Alto Potencial: São jovens profissionais, com excelente formação, mas que ainda estão ganhando experiência prática na função em que atuam.
  9. Alto Desempenho e Alto Potencial: Os talentos da empresa que devem ser preservados e têm potencial de promoção em curto espaço de tempo. São eles que a empresa quer identificar com os critérios de avaliação de desempenho da matriz 9 BOX.

Ainda resta alguma dúvida de como usar a matriz 9 BOX? Então, assista a este vídeo:

Avaliar é muito importante, mas melhorar o desempenho também. Acesse nossa página de cases de sucesso e confira como a Safetec tem ajudado diversas empresas a terem um desempenho organizacional cada vez melhor com ajuda do cloud computing.

Acesse agora: CASES de sucesso.

Saiba mais