Como fazer o planejamento financeiro funcionar de verdade?
(81) 3126-4100 cloud@safetec.com.br

Como fazer planejamento financeiro, para quem não trabalha especificamente na área, tem se tornado um mistério, cheio de nomes complicados e fórmulas indecifráveis.

Se, por um lado, softwares colaborativos, planilhas compartilhadas na nuvem e mesmo apps específicos têm sido de grande ajuda para muitos gestores e empresários, por outro, as dificuldades técnicas e operacionais nesta área acabam afastando alguns profissionais desta tarefa tão importante para o negócio.

Nesta postagem você vai descobrir porque entender como fazer um bom planejamento financeiro de uma empresa virou quase um tabu; ver algumas estatísticas sobre isso e, mais importante: descobrir como fazer planejamento financeiro em 5 passos.

CTA-Whitepaper-9-dicas-de-vendas-para-pequenas-e-medias-empresas

Confira também: G Suite: todo controle financeiro empresarial em um só lugar

Como fazer planejamento financeiro de uma empresa sem segredos

Prepare-se para descobrir como planejar as finanças de seu negócio com mais rapidez e agilidade.

1- Por que as pessoas “tem medo” de fazer planejamento financeiro?

Sim, planejar as finanças de uma empresa é algo complexo. O ideal é que se faça como as grandes corporações, que usam softwares específicos e equipes de consultores especializados para isso.

No quadro seguir, retirado artigo “Planejamento Financeiro“, do especialista Carlos Lucion, é possível ter uma ideia de todos as etapas envolvidas nesse processo:

Como fazer planejamento financeiro de uma empresa

Mas e quem tem um pequeno negócio, uma PME ou empresa média? Como fazer o planejamento financeiro? Afinal, não há nem tempo nem recursos para isso!

A verdade é que não há como fazer um bom planejamento financeiro de uma empresa deste tipo sem que sejam postas em prática algumas simplificações.

E é isto que pretendemos apresentar para você nesta postagem: uma maneira ágil de como fazer planejamento financeiro para seu negócio.

2- Estatísticas: os empresários estão fugindo do planejamento financeiro

No final das contas, esse quadro parece tão complicado que os pequenos e médios empresários acabam deixando de lado o planejamento financeiro e tocando seus negócios de uma forma bastante arriscada.

Segundo dados da Granatum, a maioria dos empresários sequer acompanha suas receitas e despesas regularmente e 46% confessam que não fazem nenhum planejamento financeiro.

Veja mais detalhes neste infográfico:

Como fazer planejamento financeiro

Veja também: Forças, fraquezas, oportunidades e ameaças: planeje seu negócio

3- Como fazer o planejamento financeiro de seu negócio

Se os outros empresários estão descuidando das finanças, isso é uma fraqueza deles. Seja mais esperto que a concorrência e não deixe a saúde contábil de lado, administre o financeiro de sua empresa com competência!

Mas e se você não sabe como fazer o planejamento financeiro do seu negócio? Calma, aqui vão nossas dicas.

Basicamente você tem que entender que existem 2 fatores principais em um planejamento financeiro:

  1. Os montantes de dinheiro que entram (suas receitas de vendas)
  2. As quantias que você precisa investir ou usar para pagar despesas 

Após o planejamento você precisa descobrir como vai cobrir estas despesas e investimentos todo mês e se será necessário financiar isso de alguma forma, em outras palavras: de onde você vai tirar os recursos necessários para tudo isso.

Tudo vai ficar bem mais claro em nosso passo a passo. 

E aqui a primeira dica: o mínimo que você precisa ter para começar seu planejamento financeiro é algum tipo de planilha eletrônica, que pode ser Excel ou do Google planilhas, por exemplo.

PASSO 1:  Como você se encontra hoje

Quanto você tem em caixa? E em aplicações? Alguma dívida? Alguma reserva para emergências?

A primeira coisa a fazer é se organizar e descobrir sua situação financeira atual, é o que chamamos de ativos (dinheiro e outros valores, até imóveis e veículo, que a empresa possui) e passivo, aquilo que você precisa pagar para os outros, como dívidas, financiamentos, duplicatas, faturas etc.

PASSO 2: quais são seus planos?

Se você quer saber como fazer um bom planejamento financeiro de uma empresa, não basta somar receitas e subtrair despesas, é preciso conciliar isso com seus planos de crescimento do negócio.

Assim, se você pretende fazer algum investimento, ampliar as instalações, adquirir softwares de CRM ou colaboração entre funcionários, aumentar a equipe etc., é hora de por no papel (ou na planilha, de preferência) quanto isso vai custar e quais serão seus gastos ao longo do tempo.

Monte um cronograma de seus planos de investimento, vamos chamar isso de planejamento em longo prazo, pois eles podem durar mais que um ano. 

PASSO 3: Quais são suas despesas mensais?

Aluguel, energia, telefonia e internet, salários, honorário de contadores, material de limpeza e escritório, manutenção, IPTU etc.

Essas são despesas fixas, que não variam muito com a quantidade vendida ou produzida. Descubra exatamente quanto gasta com isso todo mês para poder organizar seu fluxo de caixa, mais adiante.

Impostos, comissões de vendas, matéria-prima e outros insumos são despesas variáveis, isto é: quanto mais você vende, maiores elas são. 

É preciso ter este detalhe em mente na hora de planejar suas finanças empresarias, pois quanto mais produz e vende, você fatura mais, mas é preciso ficar de olho nessas despesas variáveis também.

PASSO 4: previsão de vendas

Esta é uma das partes que mais intimida os empresários, mas não tem como fazer planejamento financeiro empresarial sem ter uma estimativa de quanto vai entrar em seu negócio mês a mês.

E sem uma planilha eletrônica, será quase impossível fazer isso adequadamente. E é mais fácil do que você imagina.

Pegue os dados de suas vendas dos últimos anos e organize na planilha as entradas de cada mês.

Fique atento a influências sazonais, ao crescimento estimado da economia e a inflação (atualize os valores, se achar necessário) e você verá que pode ter uma boa ideia de suas entradas mensais para o ano seguinte.

Você achou complicado fazer uma planilha dessas? Existem várias prontas disponíveis na internet, como esta, do Movimento Empreenda: Planilha de Projeção de vendas.

PASSO 5: montando seu fluxo de caixa

Agora que você sabe tudo que vai gastar mensalmente em sua empresa, seja para investimentos de longo prazo (PASSO 2) ou com despesas mensais (PASSO 3), verifique se sua previsão de vendas vai conseguir cobrir isso.

Organize os dados em uma planilha com as entradas e saídas previstas mensalmente, anotando também o que sobra para o mês seguinte.

Se as coisas parecerem que não vão bater, é hora de planejar como conseguir isso.

Pense se vai usar reservas, conseguir financiamento ou algo mais estratégico, como mudar os preço de seus produtos e serviços, diminuir despesas e até conseguir um sócio investidor, quem sabe?

Como você viu, o planejamento financeiro de uma empresa é apenas uma ferramenta para definir as estratégias de seu negócio.

Veja mais sobre isso nesta postagem de nosso blog: Planejamento estratégico para empresas na prática

Saiba mais