O Google aposta nas nuvens para minar o bilionário negócio corporativo da Microsoft | Safetec
(81) 3126-4100 [email protected]

Além das novidades dos MacBooks durante os 3 dias no Atmosphere 2011, evento anual do gigante das buscas que reuniu centenas de CIOs de todo o mundo, a atenção estava totalmente voltada para o Google Apps. Em algumas das apresentações, algum desavisado poderia até pensar que, por exemplo, Christine Atkins, CIO da Ahold, rede de supermercados holandesa com receita de € 30 bilhões e mais de 200 mil funcionários, era funcionária do Google, tamanha era a empolgação dela falando dos Apps. Na troca de sistema Chistine afirmou que só houveram 27 reclamações, muito menos que a quantidade de chamados por dia que tinha na empresa.

Nos primeiros rounds da briga além do Google estar 40 anos comparativamente mais avançado em relação a concorrente, ainda sai na frente da Microsoft na questão financeira. A diferença para manter a versão correspondente da Microsoft ao invés da do Google Apps, pode chegar a ser 6 vezes maior. Por enquanto a Google Apps segundo o analista da gardner é “uma ameaça real de longo prazo ao Office e à Microsoft”, observa Matt Cain. Pelo visto, ainda tem muitos rounds por vir.

Se você ler a matéria completa, acesse este link: http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/75239_O+GOOGLE+QUER+OS+CLIENTES+DA+MICROSOFT

Saiba mais