Saiba para que serve o cloud computing no seu negócio
(81) 3126-4100 cloud@safetec.com.br
Com a popularização da Cloud Computing (computação em nuvem) — de acordo com a consultoria IDC, até 2018 cerca de 200 bilhões de dólares serão investidos nela em todo o mundo —, cresce também a facilidade de melhorar a colaboração dentro das empresas.
 
O armazenamento de soluções em datacenteres compartilhados e com capacidade imensa, aliado à tecnologia móvel fazem, das ferramentas de trabalho em equipe na nuvem excelentes formas de conseguir que os profissionais produzam mais, de forma mais criativa e barata. Portanto, já não há mais dúvidas para que serve o cloud computing.
 
As paredes do escritório já não são mais limites quando os executivos podem acessar via dispositivos móveis (tablets, smartphones etc) as ferramentas com uma conexão de internet onde quer que eles estejam e no horário que bem entenderem.
 
Uma excelente sugestão de leitura sobre este assunto é o livro ‘The Collaborative Organization’, uma espécie de “guia para resolução de desafios de negócios usando o ferramentas colaborativas”, escrita pelo americano Jacob Morgan.
 
Para aprofundar ainda mais este raciocínio, listamos diversas razões para sua empresa usar ferramentas de colaboração na nuvem, confira para que serve o cloud computing!
 
 

Saiba para que serve o cloud computing

1- Ferramentas de colaboração na nuvem aprimoram processos

A necessidade de automatizar processos corporativos cresce à medida que a empresa avança e tem a ambição de ganhar mais mercado. Fazer isso investindo em infraestrutura interna, adquirindo licenças de softwares e hardwares como bancos de dados e provedores é custoso a curto, médio e longo prazo.

Ao implantar ferramentas que seguem o conceito de computação na nuvem é possível parametrizar sequências lógicas que melhoram o fluxo do trabalho. Em outras palavras, é possível aprimorar os processos.

 
Por exemplo, se o executivo de vendas vai até o cliente e vende um determinado número de produtos, ao invés de ligar para o escritório e solicitar que alguém pare seu trabalho para inserir o pedido, ele poderá imputar os dados diretamente do seu tablet, seguindo todo um passo a passo que o sistema lhe dará.
 
Assim, TI e gerenciamento de equipes de vendas podem testar aprimoramento nos processos até chegar num modelo onde se ganhe tempo e produtividade para todos.
 

2- O cloud computing serve para reduzir os custos

Gastos com ligações, reuniões demoradas, viagens etc. Tudo isso pode ser diminuído drasticamente com a tecnologia. Uma boa ferramenta de colaboração na nuvem é uma excelente escolha neste sentido.
 
É o caso da americana Esna, uma empresa de tecnologia, que, por meio de uma parceria com a Cisco e o Google, conseguiu resultados significativos para seus clientes oferecendo ferramentas de integração comunicacional que facilitam e estimulam a colaboração através de uma interface única.
 
Neste artigo, o CEO da empresa conta que ao criar uma plataforma que unia outros oito sistemas, conseguiu reduzir algo em torno de 14, 5 milhões de dólares ao ano para um de seus clientes.
 
Se considerarmos que tempo é dinheiro, fica ainda mais claro para que serve o cloud computing: tomar decisões mais rápidas, começar o trabalho e terminá-lo mais rapidamente, comunicar melhor de cima para baixo, envolver os trabalhadores, também pode ajudar a reduzir custos.
 

3- Melhoram o aprendizado e o intercâmbio de conhecimento dos funcionários

É inimaginável todo o conhecimento que circula dentro de uma empresa. Além dos conhecimentos técnicos e acadêmicos, existem os conhecimentos do negócio, das particularidades da empresa, adquiridos com a experiência dos profissionais ao longo dos anos.
 
O problema é que as empresas utilizam pouco desta força intelectual que está ali diante dos seus olhos, muitas vezes precisando contratar consultorias para ajudá-las a vencer desafios que poderiam ser transpostos com a ajuda da equipe.
 
Ao implantar ferramentas de colaboração na nuvem, as empresas permitem que haja o intercâmbio de conhecimento, ou seja, os profissionais colaboram ao mesmo tempo em que ensinam e aprendem. Como os dados ficam armazenados na nuvem, acessar este conhecimento em qualquer hora e lugar e poder catalogá-lo de inúmeras maneiras torna o aprendizado muito mais fácil e estratégico.
 

4- Promovem a integração entre departamentos

Acabou o tempo em que cada departamento era um time e entregava resultados separados. Agora, a unificação e a integração de todos os times é uma questão de competitividade, de redução de retrabalho e até de custos.
 
E a integração entre departamentos é um tema muito relacionado à cultura organizacional para que serve muito bem o Cloud Computing como apoio.
 
Ferramentas de colaboração podem ajudar a estabelecer esta integração, uma vez que centralizam processos e informações e dão uma visão mais sistêmica e conjunta da operação da empresa.
 
Neste sentido, é possível ir ainda mais longe: ferramentas de colaboração na nuvem facilitam a integração entre filiais, unidades de negócio distantes também geograficamente, dando aos gestores uma visão mais panorâmica e aos colaboradores uma sensação de pertencimento de um todo; de como as atividades individuais contribuem para este todo.
 
 

5- Melhoram a comunicação (interna e externa) e elevam a produtividade

Não há dúvidas de que a comunicação é fundamental para o sucesso de um negócio. Estamos falando de comunicação interna e também de comunicação com o mercado. Quando todo mundo está afinado com os objetivos e com o discurso, fica mais fácil se engajar para o grande propósito definido no planejamento empresarial.
 
Ao implementar uma ferramenta de colaboração na nuvem, novamente fica evidente para que serve o cloud computing nesse contexto: a empresa estará colocando diante de seu time um hub centralizador de informações do negócio.
 
Foi o que fez a Unilever em parceria com a Accenture, em 2013. A companhia construiu uma plataforma centralizadora de informações que proporcionou aos colaboradores, clientes e fornecedores o acesso facilitado às informações.
 
A dificuldade que as pessoas têm de visualizar o todo (ver como o seu trabalho contribui para um propósito maior) pode ser reduzida à estaca zero se os líderes e gestores enxergarem a ferramenta também como um meio de comunicação.
 
Se considerarmos que os funcionários são embaixadores da marca, podemos dizer que também a comunicação externa pode ser melhorada com uma boa ferramenta de colaboração na nuvem.
 
Líderes mais bem informados e ambientados com o dia a dia corporativo podem repassar informações mais precisas para fornecedores e parceiros de negócio, o discurso é unificado e, consequentemente, o mercado começa a receber e perceber uma empresa mais integrada.
 

6- Produtividade

O Brasil está enfrentando um período de retração da economia. Com o consumo interno mais cauteloso e o investimento estrangeiro mais tímido, o ‘fazer mais com menos’ volta à pauta das empresas com toda a força.
Tornando as equipes mais colaborativas, consequentemente melhora-se a produtividade.
 
Há ganho de tempo, há mais parceria e espírito de equipe. O que antes demandava uma sequência burocrática e hierarquizada, agora é feito em poucos cliques de qualquer lugar e em qualquer hora. As pessoas dão mais ideias, podem visualizar as dificuldades de seus colegas e também pode solicitar ajuda com mais rapidez, isso se traduz em fazer mais em menos tempo.
 
A Safetec sabe exatamente para que serve o cloud computing e já implantou ferramentas de colaboração em nuvem em diversas empresas, como foi o cado da MG Auditoria, que melhorou seus processos, a comunicação e a colaboração usando o G-Suite.
 
Confira todos os detalhes: CASE MG Consultoria

 
CTA Business Transformation

Saiba mais